12 de ago de 2010

Sobre marcas e produtos na web

Stephen King, o mestre do planejamento e atendimento da JWT, na década de 60, disse o seguinte:

“O produto é algo feito em uma fábrica, ao passo que a marca é algo comprado por consumidores. O produto pode ser copiado pelo concorrente: a marca é única. O produto pode rapidamente se tornar ultrapassado: a marca de sucesso é eterna”.

Quando li a comparação acima, a primeira marca que me veio em mente foi a Google.

Recentemente, a empresa anunciou a morte do Google Wave, o tal e-mail do futuro. Um produto lançado com um alarde total na Internet, mas que não emplacou. Os motivos do fracasso não convêm falar, o que vale analisar é a importância e o valor que a marca construiu no mercado.

Por ser uma das mais influentes empresas na Internet com um modelo de gestão e inovação a ser seguido, o fracasso de um produto pouco abala o prestigio da marca com seus usuários.

Mas e se fosse outra empresa? Até mesmo a sua, talvez.

O resultado, com certeza, seria desastroso, por isso é primordial apresentar e comunicar o seu produto ou serviço na web de forma adequada. Além disso, trabalhar sempre na construção de um forte laço emocional com seus usuários, caso contrário sua marca será mais um mero link nos resultados de busca.

Vale refletir ainda, o que faz a diferença entre o fracasso e o sucesso tanto para marcas corporativas quanto para pessoais é a forma como se aplica o tempo. Steve Jobs e Bill Gates têm as mesmas 24 horas que você. Pense nisso!


[Fonte] www.outrolado.com.br

Um comentário:

Deixe seu comentário, mantendo o devido respeito, claro.