18 de jun de 2010

Google Street View capturou senhas e mensagens de e-mail nas ruas da França

Descobertas foram feitas por autoridades daquele país quando examinavam o HD da ferramenta de localização do Google.

A Comissão Nacional Francesa de Informática e Liberdade (CNIL) informou que as antenas Wi-Fi do Google Street View capturaram senhas e mensagens de e-mail enquanto fotografavam as ruas de Paris.

A entidade iniciou uma investigação no mês de maio para analisar os dados que foram interceptados pelo Street View em redes Wi-Fi sem criptografia. A partir daí, eles começaram a examinar os dados entregues pelo Google e que estavam armazenados em um HD.

"Ainda é cedo demais para dizer o que vai acontecer como resultado desta investigação", disse um porta-voz da CNIL nesta sexta-feira. “No entanto, podemos afirmar que o Google realmente gravou senhas de acesso e conteúdos provenientes de e-mails”.

O Google revelou no dia 14 de maio deste ano que a sua frota de veículos do Street View compilou imagens panorâmicas para indexar a o Google Maps e, inadvertidamente, registrou o tráfego de redes Wi-Fi desprotegidas. No entanto, a empresa afirmou que a sua intenção era apenas registrar a identidade e a posição de hotspots, também para usar em seus serviços de localização.

Na época da revelação, o Google afirmou que só foram recolhidos “fragmentos” do tráfego Web de tais redes, uma vez que o seu equipamento Wi-Fi muda automaticamente os canais, cinco vezes por segundo. Porém, as redes wireless operam em até 54Mbps e ficou provado que aquele 1/5 de segundo que foi gravado pelo Street View poderia ter mais do que apenas os tais “fragmentos” de dados pessoais.

Esse fato foi confirmado pela CNIL, que desde o dia 04 de junho tem analisado o tráfego Wi-Fi e outros dados fornecidos pelo Google em dois discos rígidos e mais uma de conexão de dados segura para seus servidores.

O Google também declarou a entidade francesa que os dados recolhidos pelo Street View também são utilizados por outros serviços da empresa como o Maps e o Latitude, sendo que esse último permite aos usuários transmitir automaticamente sua localização aos amigos. Tal fato também despertou o interesse da CNIL, uma vez que o Google não declarou como trata os dados pessoais para o Latitude na França.

Autoridades de proteção de dados na Espanha e Alemanha também pediram ao Google para acessar os dados interceptados pelos sistema Wi-Fi do Street View, mas o CNIL foi o primeiro a ter a solicitação concedida.


Um comentário:

  1. Olá. Adorei a proposta do seu blogger. Quer fazer parceria com o http://guiaparaconcursos.blogspot.com

    Caso queira, é só enviar email para morpheusdark@gmail.com após colocar meu banner ou link quer farei o mesmo o mais rápido possível.

    Um Abraço

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, mantendo o devido respeito, claro.